terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Acelerador de Slot Car Diodo

Feliz ano novo para todos, espero que o final de ano tenha sido muito agradável e que tenham todos passado bons momentos com suas famílias.
Neste primeiro post de 2009, segue uma nova linha de posts a respeito de dicas e idéias para Slot Car, ou autorama como é conhecido o esporte aqui no Brasil.
Segue algumas fotos da primeira versão de um protótipo de acelerador que eu montei no final do ano, utilizzando pontes retificadores de potência (8A).
Segue algumas fotos e ainda esta semana coloco o esquema para os interessados.
Estao na lista um acelerador microcontrolado sem a frescura do PWM que eu acho uma droga para este tipo de aplicação.

Feliz 2009 e Enjoy!

O pad acima mostra o improviso de montado com uma placa de circuito impresso. Apesar da camada de cobre ser muito fina para a aplicação até que deu certo a brincadeira. Lembren-se: é um pré-protótipo.


Aqui os fios chaveiam o sinal em cascata das pontes.


Aqui as pontes montadas num sanduíche de dissipadores e um cooler abaixo. não precisa de tudo isso mas o exagero na prova de conceito foi justamente para provar que não precisava de tudo isso ... Tem também os relés usados para o modo turbo. Quando postar o esquema terão mais detalhes sobre isso...


Aqui a aceleração total com o turbo acionado (relés ativos) e abaixo com o turbo não acionado.

7 comentários:

  1. Olá Alexandre,

    Fiquei curioso com a frase "... sem a frescura do PWM que eu acho uma droga para este tipo de aplicação."

    Fiz (ainda estou fazendo) um controle também e tenho obtido bons resultados com o PWM.

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo,
    Esta frase deve-se ao fato de que em competições oficiais o pessoal ainda tem preconceito com esse tipo de acelerador, dizem que consome muito da pista, dentre outras frescuras, baseado no princípio deles de que o PWM gera impulsos de startup no motor consecutivamente aumentando o consumo da bateria da pista e gerando um "overhead" no transformador de carga.
    Pessoalmente eu prefiro um acelerador mais linear. Recentemente fiz um projeto desse tipo usando um microcontrolador lendo um gatilho com led (sem contato mecânico) e gerando a saída linear para um transistor usando uma rede R2R de 16 bits... ficou muito bom mas quando viram vieram com a mesma palhaçada do acelerador a PWM...
    Alguns pilotos de autorama querem ficar no passado ...

    ResponderExcluir
  3. Alexandre,
    Acho que você está frequentando as pistas erradas (hehehe!)
    A ideia do PWM é não usar dissipador (ou um bem menor, dependendo do caso). Tenho utilizado para "replicas" (SCX /SCALEXTRIC / etc) e tenho tido bons resultado.
    Também tentei fazer algo "contact-less" no gatilho, mas sem sucesso.
    Se possível, posta a sua ideia do gatilho via LED no Blog.

    ResponderExcluir
  4. RAWigel,
    Por favor entre em contato comigo acredito que possamos juntos evoluir muito este assunto.
    Atualmente não me divirto com Réplicas mas com carros 1/24 menos requintados, e beeem mais velozes. Mas me interesso por réplicas e acho muito interessante o capricho de vocês.
    Esse preconceito descrito no meu comentário acima é do pessoal de 1/24. Pelo pouco que eu conheço de 1/32 Réplica, o pessoal realmente é muito aberto a novidades.
    Para falar comigo, se eu estiver disponível, mande email para pereira ponto guitar@gmail ponto com.
    Escrevo assim para que Bots dos Spammers não capturem meu e-mail.
    Abraço...

    ResponderExcluir
  5. Alexandre, vc pode postar o esquema por favor ?
    Eu participo de uma lista de slotless TCR e a galera se interessou no controle pra tentar adaptar, pois o TCR trabalha com CA.

    ResponderExcluir
  6. Ola Alexandre, voc~e pode me enviar o esquema ? Fiquei curioso agora... não achei a postagem dele no seu blog. Grato, Bruno - brtamassia@zero.mat.br

    ResponderExcluir
  7. vc poderia enviar um esquema completo da montagem do acelerador????

    ResponderExcluir